›› NOTÍCIAS - MAIS CULTURA
[+] notícias - MCULTURA

PROJETO REALIZA EXIBIçõES AUDIOVISUAIS EM SãO LUíS - 06.08.2010 às 16:41:23

Por: José de Mário Moraes Ferreira

Os admiradores de produções cinematográficas com temática voltada para o trabalho, sob a perspectiva do próprio trabalhador, poderão acompanhar documentários que tratam sobre o tema no Circuito Trabalho na Tela, uma iniciativa do projeto Vidas Paralelas, do Ministério da Cultura, Ministério da Saúde, Universidade de Brasília e da Rede Continental em Saúde do Trabalhador. As sessões estão acontecendo no auditório do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado do Maranhão (SINDSEP-MA), sempre às 18h.

As produções serão exibidas sempre às quintas-feiras. A próxima está agendada para o dia nove (9) de setembro e enfocará situações-limite da maternidade de mulheres geralmente pobres, revelando aspectos solitários e extremos e outras situações que podem levar, em muitos casos, ao aborto. Tudo isso será evidenciado no documentário O aborto dos outros, dirigido por Carla Gallo.

No dia 14 de outubro, o documentário exibido enfocará a saúde, com Doutores da Alegria, dirigido por Mara Mourão, que mostra o cotidiano de uma organização que atua em dez hospitais com ações que visam levar alegria e brincadeiras engraçadas a crianças doentes. À margem da imagem será exibido dia 11 de novembro. O documentário aborda as rotinas de sobrevivência, o estilo de vida e a cultura dos moradores de rua de São Paulo, abordando temas como exclusão social, desemprego, alcoolismo, loucura, religiosidade.

Finalizando o Circuito Trabalho na Tela, o documentário Boca de Lixo, que retrata o cotidiano dos catadores de lixo em um vazadouro no Rio de Janeiro e também os problemas sociais que levam famílias inteiras a viver do lixo. Medo, vergonha e humilhação se misturam a sonhos, esperanças e sorrisos no rosto desses trabalhadores, situados no último limite da informalidade. A produção será exibida dia nove (9) de dezembro.

O projeto - O Circuito Trabalho na Tela é uma das frentes de ação do projeto Vidas Paralelas. Está sendo realizado, também, no Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins.

O Vidas Paralelas, por sua vez, tem por objetivo proporcionar um espaço de encontro onde a questão da saúde do trabalhador poderá ser debatida de formas diversificadas, tendo como ponto de partida a exibição de produções audiovisuais que abordem o tema. Trata-se de uma ação inovadora no campo da cultura e da saúde do trabalhador brasileiro.

A sua realização busca revelar o cotidiano do trabalho pelas lentes de representantes das diferentes categorias de trabalhadores e trabalhadoras no Brasil, por meio da construção de uma consciência crítica e reflexiva sobre a temática da saúde e cultura.

A expectativa do projeto consiste em valorizar a construção simbólica da questão de saúde e cultura do trabalhador, estimulando a expressão artística e cultural como forma de transformação social e recriação do ambiente de trabalho, formando novos perfis profissionais comprometidos com a ética e a sensibilização e mobilização no mundo do trabalho para a qualidade de vida e cidadania.


Texto: Júnior Vieira (Ascom Secma)

OUTRAS NOTÍCIAS - MAIS CULTURA

Público lotou a praça nauro machado durante “mais cultura e turismo” - 20.10.2015

Prazo de inscriÇÃo para edital prÊmio cultura hip hop 2014 termina na quinta feira - 08.10.2014

Secma e seir apóiam oficinas do minc em são luís - 14.02.2013

Governo entrega teatro padre haroldo à comunidade da liberdade - 24.08.2012

[+] notícias - MCULTURA
SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO MARANHÃO - 2022 | Rua Portugal, 303 - Centro São Luís - MA | Tel.: (098) 3218-9910 ou (098) 3221-9617