›› NOTÍCIAS - CASA DE NHOZINHO
[+] notícias - NHOZINHO

EXPOSIçãO ITINERANTE “BEM DO BRASIL” SERá VISTA EM SãO LUíS - 21.06.2012 às 13:14:08

Por: José de Mário Moraes Ferreira

A Casa de Nhozinho, anexo do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, da secretaria de estado da Cultura, na Rua Portugal, 185- centro histórico na Praia Grande foi o local escolhido para a instalação da exposição itinerante “Bem do Brasil”, mescla dos bens brasileiros do folclore e da cultura popular, com abertura na segunda-feira (25), às 18h e aberta à visitação pública no período de 26 de junho a 25 de julho, de terça-feira a domingo, no horário das 9h às 18h.

Promovida e patrocinada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) a exposição “Bem do Brasil” nasceu da iniciativa do presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Dr. Luiz Fernando de Almeida, que no ano de 2010, incumbiu à equipe do Paço Imperial, do Centro Cultural do IPHAN, com parceria do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular para idealizarem e desenvolverem a exposição, com objetivo de levar os visitantes a conhecerem, compartilharem e valorizarem o patrimônio brasileiro e suas múltiplas expressões materiais e simbólicas.

A exposição reúne peças de todas as regiões do Brasil e usa a tecnologia do grafismo e imagens que mostram a variedade da cultura brasileira. Toda a arquitetura será mostrada em fotos, as chamadas (backlights), além dos saberes e fazeres do patrimônio imaterial exibido por uma coletânea de filmes cedidos pelo Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular.

Peças significativas compõem o acervo, que conta com desenhos, pinturas, gravuras e esculturas de importantes artistas como Taunay, Facchintti, Djanira, Tarsila do Amaral, Volpi, Ivan Serpa, Amilcar de Castro, Aluísio Carvão, Franz Weissmann, Guignard, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Mestre valentin, Artuhr Bispo do Rosário, Goeldi, samico, J.Borges, Portinari, além de peças oriundas de várias regiões, como viola de cocho do Mato Grosso, tambores de crioula e azulejos históricos do Maranhão, oratórios mineiros e baianos, imagens de reis e religiosas de igrejas de Pernambuco e do Museu de Artes Sacras de São Cristóvão (SE); esculturas das missões Jesuítico-Guaranis no Rio Grande Sul,. Ex-votos romeiros do Ceara, cajados de pais de santos da Bahia, cerâmicas indígenas do Espirito-Santo, Carrancas do Velho Chico, dois vídeos gravados especialmente para a exposição, e várias outras peças.

Diversas Superintendências Regionais do IPHAN, museus do IBRAM e alguns colaboradores particulares, ajudaram com a variedade de peças do acervo da exposição. Em Brasília “Bem do Brasil” foi o evento escolhido para reinaugurar o Palácio do Planalto, onde permaneceu de setembro de 2010 a fevereiro de 2011.

Em 2011 a exposição foi idealizada por meio de painéis fotográficos dos registros de obras que participaram das exposições que percorrem as Superintendências do IPHAN de todo o Brasil. A exposição é realizada em dois modos distintos, um para o sul e centro oeste do Brasil com a primeira mostra inaugurada em novembro de 2011, em Missões (RS) e outro para o norte e nordeste, iniciada em fevereiro de 2012, em Recife (PE) e inaugurada no mês de abril, em Belém do Pará. São 18 painéis fotográficos com imagens das peças expostas em Brasília e no Rio de Janeiro, acrescidos de obras do acervo local, ampliando a visibilidade para com a visibilidade dos bens culturais brasileiros.

Texto James Esdras (Ascom.Secma)

OUTRAS NOTÍCIAS - CASA DE NHOZINHO

Governo promove programação diversificada para as crianças - 14.10.2016

Governo se reúne com a classe cinematográfica maranhense - 14.10.2015

Casa de nhozinho promove arraial com lançamento de livro - 23.06.2015

Livros sobre o bumba meu boiserão lançados em são luís e mirinzal - 13.08.2014

[+] notícias - NHOZINHO
SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO MARANHÃO - 2022 | Rua Portugal, 303 - Centro São Luís - MA | Tel.: (098) 3218-9910 ou (098) 3221-9617