›› NOTÍCIAS - SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA
[+] notícias - SEDE

“SãO JOãO DE TODOS 2016” TERá PROGRAMAçãO PARA O PúBLICO INFANTIL - 06.06.2016 às 15:10:23

Por: Assessoria de Comunicação

Para garantir a participação de toda a família no “São João de Todos 2016”, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), está planejando espaços específicos para a criançada, além dos tablados e palcos tradicionais onde se apresentarão as brincadeiras da cultura maranhense. Numa ação que visa democratizar a festa, a Sectur está, também, estruturando uma programação infantil, nos arraiais oficiais, que acontecem no Parque Folclórico da Vila Palmeira e no Centro Social dos Servidores do Estado (IPEM).

As apresentações de Bumba Meu Boi, Cacuriá, Tambor de Crioula, Dança Portuguesa, Quadrilhas, Dança do Coco, entre outras, levarão diversão para famílias inteiras. Opções não faltarão para adultos, crianças e idosos, mas quem ganhará um destaque em especial na edição da festa em 2016 é a criançada. No Arraial do Ipem, um espaço será reservado para contação de história que levará até o público infantil informações sobre a dança folclórica do bumba meu boi, ressaltando, por meio de encenação, um dos traços culturais mais marcantes na cultura maranhense.

Para a secretária-adjunta da Sectur, Vanessa Leite, ao organizar os arraiais pensando na família, o Governo democratiza a festa, leva a cultura para todos do estado e também para os visitantes. “Quando planejamos os arraiais, tivemos a preocupação de fazer uma festa para toda a família curtir junto. Crianças, adultos e idosos vão poder apreciar a nossa cultura, a nossa gastronomia e em ambientes seguros”, disse.

Dentro do modelo democrático, a divulgação das histórias de tradição será uma forma de compartilhar a cultura do Maranhão com as próximas gerações. Na contação história e representação dos artistas, estarão presentes os grandes ícones. Alguns destes nomes saudosos, serão homenageados nos arraiais do São João de Todos, como é o caso do Arraial “Marcelino de Guimarães”, que acontecerá na Praça Nauro Machado, no Centro Histórico. Durante a contação, as crianças serão informadas sobre a biografia do Marcelino, um dos intérpretes de toadas mais antigas do Maranhão, e sobre o boi de Guimarães, onde ele foi cantador, um dos mais tradicionais com seu sotaque de zabumba. Por sua trajetória, Marcelino foi reconhecido pelo Ministério da Cultura (MinC) como mestre em cultura popular.

Outra história a ser narrada nestes espaços será a de Humberto de Maracanã, que também recebe homenagem do Governo do Maranhão. Humberto Barbosa Mendes ou Humberto de Maracanã terá o nome do arraial do Parque Folclórico da Vila Palmeira. Ele foi compositor e cantador de toada de um dos mais tradicionais grupos de bumba meu boi no sotaque de matraca, o Boi de Maracanã. Ficou conhecido pela toada “Maranhão, Meu Tesouro, meu Torrão”. Mestre em cultura popular reconhecido pelo Ministério da Cultura, ele também foi premiado como mestre da cultura brasileira no 23º Prêmio da Música Brasileira.

Mais uma referência dentro da programação será ao Donato de Paiva Alves, o Donato do Boi de Axixá. Compositor da toada “Bela Mocidade” que ficou popular no São João do Maranhão, Donato dedicou 48 anos de sua vida ao bumba meu boi de Axixá, compondo cerca de 400 toadas, que foram registradas em disco. Ele também será homenageado, emprestando seu nome ao Arraial do Ipem.

Conto da Catirina

Entre a retórica utilizada pelos artistas para levar informação até as crianças sobre parte da cultura do São João do Maranhão, será apresentado, também, o conto da Catirina, onde o rico fazendeiro, que possui um boi muito bonito e que sabe dançar, é surpreendido pelo roubo de seu animal, cometido por Pai Chico, um trabalhador da fazenda.

A esposa de Pai Chico estava grávida e sentia uma forte vontade de comer a língua do boi. Para satisfazê-la, ele roubou o boi do seu patrão. Desesperado, o fazendeiro manda seus empregados procurarem o boi e quando o encontra, ele está doente. Para curá-lo, um grupo de pajés são chamados e descobrem a real intenção de Pai Chico, o fazendeiro o perdoa e celebra a saúde do boi com uma grande festividade.

OUTRAS NOTÍCIAS - SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA

Publicado edital para a 27ª feira nacional de artesanato (mg) - 07.11.2016

Artesãos maranhenses comemoram resultados da feira brasil original - 27.10.2016

Catálogo com artesãos maranhenses é apresentando na feira ‘brasil original’ em são paulo - 24.10.2016

Governo inicia revitalização do forte de santo antônio - 24.10.2016

[+] notícias - SEDE
SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO MARANHÃO - 2022 | Rua Portugal, 303 - Centro São Luís - MA | Tel.: (098) 3218-9910 ou (098) 3221-9617