›› NOTÍCIAS - MUSEU HISTÓRICO E ARTÍSTICO
[+] notícias - MHAM

MUSEU HISTóRICO REALIZA ATIVIDADES LITERáRIAS - 10.11.2010 às 14:18:09

Por: José de Mário Moraes Ferreira

Estudantes de escolas públicas de São Luís terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a arte literária de um dos mais renomados literatos do Brasil, o maranhense José Louzeiro, que faz uma palestra no Teatro Apolônia Pinto, no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), na tarde desta quarta-feira (10). O evento será às 15h e faz parte do projeto Momento Literário: uma tarde no Museu.

José Louzeiro possui uma sólida história na literatura e no jornalismo maranhense e brasileiro. Iniciou carreira no final da década de 1940 na revisão gráfica jornalística. Em 1954 mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se radicou, e atuou em diversos jornais impressos e revistas. Em 1958 estreou na literatura, com o volume de contos Depois da Luta. Hoje possui diversos outros livros publicados, entre os quais a biografia da cantora Elza Soares, lançada em 1997.

O escritor atuou, ainda, no meio cinematográfico, na condição de co-roteirista do longa nacional Lúcio Flávio, o passageiro da agonia. Atualmente coordena a coleção de romances policiais da Editora Nova Fronteira. Dos cinco livros impressos, três já foram publicados: No fio da noite, de Ana Teresa Jardim; Juízo Final, de Nani; e A flor e a sedução, do próprio José Louzeiro.

Troca de experiências - Na quinta-feira, 11, é a vez da Oficina Memória e Envelhecimento, que acontecerá a partir das 15h, na Galeria Floriano Peixoto. O Projeto é uma parceria do MHAM com o Núcleo de Estudos do Processo de Envelhecimento (Nucepe), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). É realizado bimestralmente e, em cada encontro, trata de uma temática diferente.

O tema dessa vez é a Ditadura Militar no Brasil, mesmo da exposição Direito à Memória e à Verdade, que ficará no Museu Histórico e Artístico até fevereiro.

Sobre a exposição - Direito à Memória e à Verdade é composta por banners com fotos, letras de canções e registros diversos dos anos de 1964 a 1985, período em que o Brasil viveu sob o jugo da Ditadura Militar. “São breves registros que trazem à tona fatos marcantes da época”, conta a curadora da Mostra, Graça Nina.

O projeto, que tem por objetivo abordar os fatos ocorridos durante a ditadura militar no Brasil, foi desenvolvido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e deverá percorrer outras cidades brasileiras. “Locais em que se registrou algum tipo de atividade relacionada à ação da Ditadura Militar”, diz Graça Nina.



Texto: Júnior Vieira (Ascom Secma)

OUTRAS NOTÍCIAS - MUSEU HISTÓRICO E ARTÍSTICO

Abertura da exposição “são joão paulo ii: peregrino da misericórdia na terra das palmeiras” - 21.10.2016

Museu de arte sacra lança exposição inédita de manuscritos em latim utilizados nas liturgias católicas - 16.09.2016

Foi aberta nesta quinta-feira (09) a exposição cajueiro - fazer memória vida - 14.06.2016

Museu de arte sacra do maranhão abre exposição “maria de todos os nomes” - 16.05.2016

[+] notícias - MHAM
SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO MARANHÃO - 2022 | Rua Portugal, 303 - Centro São Luís - MA | Tel.: (098) 3218-9910 ou (098) 3221-9617