›› NOTÍCIAS - SUPERINTENDÊNCIA DE CULTURA POPULAR
[+] notícias - SCP

PROJETO DE SALVAGUARDA DO TAMBOR DE CRIOULA SERÁ LANÇADO NESTA TERÇA - 14.06.2013 às 15:43:37

Por: José de Mário Moraes Ferreira

Na terça-feira, dia 18 de junho é comemorado o Dia Nacional do Tambor de Crioula, Bem Imaterial do Brasil, tombado pelo Ministério da Cultura, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN. Para celebrar a data uma programação foi elaborada pelo Comitê Gestor da Salvaguarda do Tambor de Crioula em parceria com o Governo do Estado/SECMA e Prefeitura Municipal de São Luis /FUNC.

Por meio da Secretaria de Estado da Cultura será lançado o projeto de Salvaguarda do Tambor de Crioula, em convênio com o Governo Federal/MINC/IPHAN. O evento será realizado no auditório Rosa Mochel, do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho (Rua do Giz-Praia Grande) às 15h, seguido de apresentação de roda de tambores de crioula, na praça Valdelino Cécio, em frente ao prédio sede do CCPDVF.

O projeto de Salvaguarda do Tambor de Crioula realiza ações voltadas para o fortalecimento dessa prática cultural, registrada como Patrimônio Cultural do Brasil, nas suas mais variadas formas de expressão que tem como resultados a promoção da manifestação cultural Tambor de Crioula, através do registro audiovisual; divulgação das ações de salvaguarda do Tambor de Crioula junto aos detentores desse bem cultural; desenvolvimento de ações de capacitação nas comunidades onde houver praticantes do Tambor de Crioula por meio de oficinas, curso e seminários; promoção de ações de valorização e transmissão dos conhecimentos associados ao Tambor de Crioula através de oficinas, festivais e prêmios; e montagem do Centro de Referência do Tambor de Crioula com equipamento de suas instalações.

O fomento à prática cultural Tambor de Crioula será um dos principais benefícios culturais, uma vez que o projeto contempla uma série de atividades de promoção e transmissão de saberes que garantirão a continuidade dessa prática.

As ações propostas para a salvaguarda do Tambor de Crioula, a serem desenvolvidas num período de um ano, estão agrupadas em quatro eixos: preservação dos modos de fazer o Tambor de Crioula, capacitação de quem faz o Tambor de Crioula, socialização e valorização dos conhecimentos associados ao Tambor de Crioula e registro material da forma de expressão Tambor de Crioula.

Vale ressaltar que a distribuição das ações em eixos visa a uma concentração de esforços num foco principal, não impedindo que haja uma inter-relação das atividades quando se fizerem necessárias, ainda que não estejam planejadas para acontecerem como parte de determinado eixo, destaca Sebastião Cardoso, diretor do CCPDVF.

Dessa forma, foram previstas algumas ações que beneficiarão essa cultura, tais como: Preservação dos modos de fazer o Tambor de Crioula, com a realização de Oficina de Incentivo à Formação de Grupos Mirins, uma forma de incentivar as crianças e jovens adolescentes para a compreensão da relevância dessa manifestação cultural;

Oficinas de Percussão e Cantoria do Tambor de Crioula que consistirão na transmissão dos saberes acerca dessa manifestação popular no que se refere ao toque e cantoria. Serão ministradas por mestres do Tambor de Crioula: quatro coreiros (tocadores) e um cantador, cabendo, ainda, a participação de um arte-educador para realizar breves explanações sobre a prática do Tambor de Crioula no decorrer das oficinas. As oficinas obedecerão ao princípio do “aprender fazendo”, metodologia que consiste na demonstração do fazer Tambor de Crioula.

Realizadas em dois módulos simultâneos, as oficinas abordarão toque de instrumentos e cantoria. As técnicas percussivas serão treinadas nos instrumentos específicos (tambor grande, meião, crivador e matraca). As cantorias serão praticadas de forma a preservar suas características formativas: refrão e versos, de modo que, além da reprodução das toadas tradicionais haja estimulação às improvisações e à criação espontânea das toadas;

Capacitação de quem faz o Tambor de Crioula, com transmissão dos modos de fazer, fornecendo conhecimentos específicos acerca do bem cultural, verificou-se a necessidade de capacitar os praticantes do Tambor de Crioula com conhecimentos básicos nas áreas de cultura afro-brasileira e elaboração de projetos;

Oficinas para Elaboração de Projetos e Editais, Nesse sentido, será realizada uma oficina com carga horária de 40 horas/aula destinada a 20 participantes ligados à expressão cultural Tambor de Crioula que serão ministradas por gestores culturais com experiência em elaboração de projetos com os seguintes módulos: Políticas públicas para a Cultura, Lei de Incentivo à Cultura, Estrutura de Projetos, Técnicas de Redação e Orçamento;

Mini-cursos de Cultura Negra no Maranhão; Socialização e valorização dos conhecimentos associados ao Tambor de Crioula, com encontros de Grupos de Tambor de Crioula, Seminários sobre Tambor de Crioula, Registro material da forma de expressão Tambor de Crioula, Gravação de CD’s, Produção de DVD’s, Centro de Referência do Tambor de Crioula, também estão no roteiro de atividades a ser realizadas ao longo do tempo, destaca Sebastião Cardoso.

Texto/Foto: Mario Ferreira (Ascom.Secma)

OUTRAS NOTÍCIAS - SUPERINTENDÊNCIA DE CULTURA POPULAR

Semana de cultura popular encerra nesta sexta-feira (26) - 25.08.2016

Semana de cultura popular do maranhão começa nesta terça-feira (23) - 22.08.2016

Centro de cultura popular realiza exposição sobre casas descendentes do terreiro do egito - 24.05.2016

Lançamento do livro “vaidade no feminino” acontece nesta sexta no centro de cultura popular domingos viera filho - 03.03.2016

[+] notícias - SCP
SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO MARANHÃO - 2022 | Rua Portugal, 303 - Centro São Luís - MA | Tel.: (098) 3218-9910 ou (098) 3221-9617